Presente para Judite – 1 ano de Jardim

Não é gente, mas é como se fosse
17 de dezembro de 2016

Presente para Judite – 1 ano de Jardim

O dia amanheceu ensolarado com os cachorros latindo, pássaros voando, o carro do gás e o vendedor de tempero gritando pela Rua C. Dentro do portão da casa 53 os corações pulavam de ansiedade. O despertar chegou mais cedo, apressado pela insônia e pelas tarefas que ainda faltavam para deixar o quintal pronto. Durante a noite a cabeça não parava de pensar e lembrar coisas para não esquecer nenhum detalhe. Era dia de festa, dia de descortinar o jardim que tomava conta da área externa daquela morada que abrigava tanta história e que, ali, iniciaria uma das mais belas. Café da manhã mal tomado, às pressas, pão lascado na boca com xícara na mão, grita para um suspender tecido, outro colocar lâmpada e chupa dedo para ver se o vento anunciaria tempestade… alvoroço, abraços, lágrimas e risos que durariam até o adormecer. Pega estante, devolve estante, corta cabelo e barba. Para que almoço? O povo já vei chegar! E quem vai pegar a Sanfonástica mulher-lona?!! Não vai dar tempo! Se acalme, está tudo sob controle. Tem que ter o lugar do bolo! Já colocaram Judite para dentro de casa? Por favor, você pode imprimir meu discurso? De repente, não faltava mais nada. Era hora de se arrumar e esperar os convidados. Será que eles vão chegar? E todos vieram e até mais do que o esperado. Primeiro chegou o Presente para Judite com o Chapeleiro Maluco abrindo alas com as 3 Judites que o acompanhavam deixando rastros na rua e se aborboletando no quintal. Então, teve circo e sanfona e mais sorrisos e lágrimas e abraços. A noite chegou, as gambiarras se acenderam e aquele quintal ficou ainda mais com cara de cidade do interior. Na verdade, aquele quintal adentrou no nosso interior como bichinho sorrateiro que vai rastejando devagar e se aninha em alguma folha, observando a lua até adormecer tranquilo. E assim, o quintal se aquietou em silêncio e o dia amanheceu ensolarado com os cachorros latindo, pássaros voando, o carro do gás e o vendedor de tempero gritando pela Rua C.

IMG-20160305-WA0048

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *