Ciclos que nunca findam
18 de setembro de 2016
Judite, artista de cinema e história em quadrinhos
9 de outubro de 2016

Cresceu um Jardim

 

Cresceu um Jardim, em mim, com a lembrança do cheiro de barro massapê quando chove, com grito de vizinha no portão, com criança correndo e com artistas criando no quintal. Paredes floridas, céu de filó com pipas voando como imaginação de brincadeira infantil. Bonecas de pano como num sítio que crescemos querendo conhecer. Barulho de feira com comadres fofocando, acarajé, feijoada, maniçoba.  Abraços, desejos de felicidade… Felicidade estampa nos rostos, vontade de continuidade. Como não lembrar dos quiches, bolos, acaçás?

Pois é… cresceu um Jardim que não existirá mais.

PS.: O projeto para segunda edição do Jardim de Judite não foi aprovado e, assim, encerramos por aqui nosso espaço de encontros e trocas, mas outras ações de Judite continuam firmes e fortes. Curtam nossa página – Casulo Judite – no face e fique por dentro de tudo.

img-20160306-wa0025

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *